segunda-feira, 25 de junho de 2018

x-Pyr 2018 - Travessia dos Pirineus de costa (oeste) a costa (leste)

Acompanhem o x-Pyr 2018!!!
A corrida deste ano começou a todo vapor e, em apenas 2 dias, os 2 primeiros já cobriram praticamente metade de prova. Os competidores estão a todo vapor e contando, nesta edição, com condições meteorológicas muito favoráveis.
Adicione a experiência acumulada dos competidores, que a cada ano sobe muito mais, e não se pode esperar nada menos que muita emoção da metade para o final da edição 2018 da travessia dos Pirineus.
 Livetracking

Estive treinando nesta região circulada em vermelho, Castejon de Sos - Benasques - Aneto, e posso falar que a região é muito desafiadora e um tanto encantadora também. São paredões e maciços fantásticos e muita, muita, muita montanha a ser sobrevoada. Um desafio técnico, físico e principalmente mental a ser encarado e superado.

Fiquem ligados!!!

sábado, 16 de junho de 2018

Clima estranho no Brasil 2018


Que coisa mais maluca... em pleno mês de junho estamos tendo vários dias com frentes frias passando e provocando, além do frio, muita chuva aqui no ES. Mês passado, em pleno mês de maio, peguei alguns dias de chuva no estado de Goiás. Semana passada teve chuva, em pleno final de 1a quinzena de junho, no oeste do Goiás.
Infelizmente não está dando para colocar alguns projetos de voo ou hike&fly em prática e o jeito está sendo fazer trabalho de base para treinamento físico.
Vamos acompanhando e torcendo por uma janela de bom tempo em breve.

Para os sortudos que estão conseguindo boas janelas, aproveitem!!!

quarta-feira, 25 de abril de 2018

Família Little Cloud BRA Oficial crescendo

Nariz em Baixo Guandu-ES, Etapa do PWC
Damos as boas vindas ao empreendedor por natureza e atleta de aventura por vocação ARTHUR BIJOS (Nariz) ao time LC BRA.
Arthur, ou Nareba, chega para se divertir e nos ajudar a contagiar com a filosofia Happy Flying Style da marca aqui no Brasil.
Seja bem vindo meu amigo. Vamos que vamos!!!

segunda-feira, 12 de março de 2018

Trekking and Fly - Possibilidades sem limites

Como é bom poder se entregar àquilo que se deseja... se entregar e permitir que isto se torne algo grande e que possa contagiar as pessoas à sua volta. Assim tem sido minha trajetória no desenvolvimento do espírito Trekking and Fly aqui no Brasil. A cada dia me descubro e me realizo mais nesta fascinante abordagem do voo livre com a prática atlética de aventura.

Este domingo, aqui em Araxá-MG, pude mais uma vez explorar novos horizontes. No sábado choveu muito por aqui e hoje o dia amanheceu sem muitas possibilidades, principalmente com o vento de cauda na rampa. Fui para a rampa do Horizonte Perdido com o planejamento de apenas fazer um longo treino de trekking pelas fazendas da região.

Me aprontei, peguei os equipos - gosto de treinar com a mochila do parapente mesmo quando não vai rolar voo, e parti para o trekking. Tudo seguia dentro do plano de apenas caminhar, treino de 3h a 4h, quando após uns 30min de caminhada forte avistei um morrote que tinha uma face irregular de frente para o vento, que vinha de WSW.
Como o vento estava forte, assim que avistei o morrote já decidi que ia subí-lo e tentar um lift. Mais 10min de caminhada forte e estava no morrote avaliando o vento e tinha certeza que poderia brincar um pouco. Nesta viagem optei pelo conjunto leve LittleCloud Goose Mk3 e Turtle (selete reversível), um conjunto super compacto, que me permite excelente mobilidade em terra e que me dá muita versatilidade para o voo em locais e condições das mais variadas.


Preparei tudo e decolei... fui brincando e de repente entraram algumas turbulências no morrote apontando que alguns ciclos estavam passando por ali. Fui rastreando... rastreando... e boommmm!!!



Bem, o resto foi voo. Ganhei boa altura e acabei decidindo que iria abortar o treino e voltar para a rampa Horizonte Perdido voando. Ai é que está um ponto muito interessante na prática do Trekking and Fly: O voo não é o todo e sim uma parte da atividade de aventura. Então, a maior conquista do dia não foi voltar para a rampa voando... nada disso. A maior conquista foi descobrir o morrote, explorá-lo e poder voar.
Pensem nisso, experimentem novas possibilidades!!!

quarta-feira, 7 de março de 2018

Diversão e trabalho, sem moderação.

Estou focando este início de ano de 2018 em ações de base para o trabalho de solidificação da identidade da marca LittleCloud no Brasil. Tem muito trabalho a ser feito, mas o bom é que este trabalho é basicamente composto de bons momentos de diversão pelo Brasil, em terra e nós céus.
Uma destas ações foi ir para a etapa do Campeonato Valadarense de Voo Livre com nossa vela Gyps (EN D/XC) e experimentá-la de forma a demonstrar seu potencial para os pilotos em geral. Infelizmente foi uma péssima idéia. Me diverti muito nos dias antes, e simplesmente me senti muito mal nos dias do evento... não queria estar lá. Isso não me atrai mais, isto não está mais dentro das atividades que podem me dar prazer.
Bem, abortei tudo e apenas fiquei voando por diversão. Pude me diverti e demonstrar o Gyps, o Goose Mk3, o GT2 e também o EZ. Na verdade, nada mais natural para a identidade da LittleCloud. Nossa marca produz equipamentos totalmente voltados à diversão com a performance adequada e a segurança necessária para que você possa se divertir enquanto encara seus desafios pessoais e busca a sua satisfação.
Entrando neste mês de fevereiro foi momento de efetivar uma parceria que já vinha sendo trabalhada com a piloto acro, agora imersa no mundo XC, Márcia Finelli (Marcinha). Marcinha vem para somar ao Time Oficial LittleCloud Brasil com sua experiência e relacionamento no esporte. Adicionalmente, nossa atleta também trás para o time LC Brasil, a proximidade e acessibilidade de nossos produtos para o  público feminino.

O Time Oficial LittleCloud Brasil começa a se estruturar e vem com a missão de trabalhar a marca através de projetos e expedições com os produtos pelo Brasil. Não buscamos recordes, vitórias, troféus... nada disso. A missão do time LC Brasil é explorar as possibilidades do esporte, ampliar os horizontes, compartilhar experiências, fomentar novas abordagens e, acima de tudo, demonstrar que é possível fazer tudo isso com produtos amigáveis, seguros e divertidos.
Esperamos a cada dia conseguir apresentar mais e melhor nossos produtos para todos vocês.
Bons e divertidos voos a todos!

quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

2018 is On... vamos que vamos!

Estamos começando mais um ano, ciclos que se renovam. Como atleta e também empreendedor no voo livre, tanto em abordagens quanto em equipamentos, renovam-se as energias para enfrentar os desafios novos ou não que estão por vir.
Como atleta, continuo firme como nunca na abordagem do Trekking & Fly e esse meu encontro com uma prática tão intimamente ligada às origens de nosso esporte me recarregou para muitos mais anos no paragliding buscando novos desafios e realizações.
Como empreendedor, buscarei o estabelecimento da marca LittleCloud no Brasil com um trabalho sério e profissional mantendo a estratégia resiliente e transparente de oferecer ao mercado uma opção diferente para o relacionamento com o voo e as montanhas de maneira integrada e segura.
A campanha de preços de Natal LittleCloud Brasil deus os resultados esperados e se encerrou dia 1o de Janeiro. Fiquem ligados nas próximas campanhas e aproveitem.

A novidade neste início de ano é o meu retorno às competições de parapente e o farei à bordo de nosso parapente LittleCloud Gyps (EN D). A 1a competição será a etapa final do Valadarense nos próximos dias 12 a 14 de janeiro. O maior objetivo será a demonstração das capacidades de nossa vela avançada, de baixo peso e nascida para o XC e Trekking&Fly, também no cenário das corridas de parapente.

Meu cockpit terá como dispositivo principal para navegação e registro das provas o novo Volirium P1 (antigo Flytec Connect 1). O P1 ainda não é a melhor ferramenta para super voos XC pela falta de mapa relevo e topo mas, sem dúvida, é um equipamento fantástico para navegação de provas de competição. Neste quesito, garanto que a união entre praticidade de carga e descarga de dados, simplicidade para montagem e configuração das rotas de competição e grande tela sensível ao toque tornam o P1 uma das melhores opções do mercado para competições race de parapente ou asa delta.



Bom, cada um pode planejar a história que desejar, mas é bom que meta a mão na massa para que ela, seja qual for, vire um belo livro escrito. 

sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

A família LittleCloud Brasil deseja: FELIZ NATAL!!!

Trazendo para o Brasil um conceito de voo divertido, seguro e do seu jeito, a Família LittleCloud Brasil deseja a todos um FELIZ NATAL e PRÓSPERO ANO NOVO!!!
Nosso presente para vocês não poderia ser outro:
(Válidos para os produtos em estoque durante todo mês de Dezembro/2017)